NOVO ENDEREÇO

domingo, 7 de fevereiro de 2016

BRASIL VERSUS CARNAVAL



BRASIL VERSUS CARNAVAL

O ano começou depois de 2015 amargo para o país. Violência, desemprego, caos na saúde, na educação, no transporte, na política, na ordem e no progresso.
Um verdadeiro estado de anomia.
O Brasil caminhar para a maior recessão de sua história, enquanto isso, os governos alimentam com circo, o povo que certamente vai chorar nas cinzas.
Carnaval não é uma festa do bem, se fosse não precisaria de mais polícia, mais sangue nos hemocentros, mais prevenções, mais plantões disso ou daquilo.
O país quebrado e os governos investem milhões de reais na expectativa de retorno através de impostos de industrialização e consumo.
É investir no DUVIDÁVEL.
Esse montante devia ser aplicado no CERTO
Que a falta hospitais, transporte, segurança entre outros.
Para a folia de momo os governos montam uma logística onde nada falta, enquanto isso os hospitais não têm mertiolato, agulha, seringa, algodão, etc.
Doenças com Dengue, Chikungunya e Zica assolam a nação porque não foram combatidas no passado. Investir no carnaval nunca devia ser a prioridade das autoridades brasileiras.
O Brasil caminhar para a maior recessão de sua história, enquanto isso, os governos alimentam com circo, o povo que certamente vai chorar nas cinzas.
Nas cinzas do carnaval a nação vai sentir o resultado negativo deste evento.
Este ano não será diferente. Com certeza vai aumentar a estatística do consumo de drogas licitas e ilícitas; os equipamentos de saúde pública e particulares receberam mais pessoas infectadas com viroses e outras patologias.
A mídia divulgou que durante o período de carnaval, 5 milhões de preservativos estão sendo distribuídos em Recife, Olinda, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo por receberem milhões de foliões. Ah! Sem contar com os sachês de gel lubrificante.
Quanto custa e custará isso para o povo?
No momento em que o Brasil caminha para a maior recessão de sua história.