sábado, 2 de setembro de 2017

CRESCE O NUMERO DE CASOS DE SUICÍDIOS ENTRE IDOSOS NO BRASIL.


No Brasil os dados são escassos, mas se evidencia que estamos acompanhando a média mundial. O sociólogo Julio Waiselfisz, organizador do Mapa da Violência/2014, registrou que acontece oito suicídios por cem mil habitantes no país, e na faixa etária acima dos 60 anos, taxa é maior do que nas outras faixas.

Segundo as pesquisas realizadas entre 1980 e 2012, o número de suicídio entre pessoas idosas aumentou 215,7%, e as motivações maiores são o isolamento social, muito comum quando a pessoa idosa se desloca para morar na casa de familiares e se torna invisível, o sentimento de tutela passando a ser tratada como se fosse criança, e as perdas como saúde, autonomia, produtividade, papéis sociais, cônjuges, amigos, familiares, entre outras.  Os homens cometem mais suicídios do que as mulheres e segundo o Ministério da Saúde, a partir dos 75 anos, o índice de suicídio é de doze homens para uma mulher. 

Imagem
http://especiais.correiobraziliense.com.br/crescem-os-casos-de-suicidio-entre-idosos-no-brasil

IDOSOS NÃO SÃO RESPONSÁVEIS PELO ROMBO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL



O secretário da Previdência Social, Marcelo Caetano, afirmou em outras palavras, hoje (1/09) que, os idosos são responsáveis pelo rombo da Previdência Social.
Ele afirmou “com o envelhecimento rápido da população brasileira, a tendência é que o número de idosos gere custos previdenciários que resultarão em cada vez mais gente para receber o benefício e menos gente para pagar a contribuição”.
Quando se contribui para a Previdência Social, se contribui para si mesmo e não para os outros. Quando se faz uma poupança é para benefício próprio e não de terceiros. Eu pago para usar no futuro.
Essa forma de pensar e fazer a Previdência Social no Brasil além de ser equivocada é mal administrada pelo governo, eis a razão do rombo. E não o processo de envelhecimento da população.
Segundo Caetano, para que o sistema tenha uma transição e mantenha o pagamento das aposentadorias e pensões, a reforma da Previdência é necessária.
O Senhor Marcelo Caetano, esquece que idosos construíram e continuam construindo a riqueza deste país.
Ele, ressaltou os números da Previdência, em 2017, são 11,9 idosos para cada 100 habitantes ativos, número que deve pular para 43,8 em 2060, ou seja, haverá mais idosos para receber a aposentadoria”.
Sim haverá. Mas eles contribuíram e muitos ainda contribuem para receber depois. É injusta e preconceituosa essa posição do governo, em querer lançar sobre os idosos os seus erros administrativos.
Finalizando. O secretário da Previdência Social falou que "hoje os beneficiários equivalem a 8% da população e em 2018, serão 27%. Em 2016, tivemos R$ 515,9 bilhões de despesa e arrecadamos R$ 364 bilhões."
É muito fácil querer culpar a parte mais fragilizada da população.

Porque o governo não cobrar os valores devidos pelas grandes empresas que devem bilhões a Previdência Social?
(Rev. Pinho Borges)
Fonte: Agencia Brasil.

Vamos lá

Vamos lá

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS