domingo, 3 de dezembro de 2017

MENSAGEM DE NATAL - REV ROBERTO BRASILEIRO

CLIQUE NO LINK E ESCUTE
https://www.facebook.com/ipb.org.br/videos/1556654337756352/?id=100008629933154

SECRETÁRIO NACIONAL VISITA CONGRESSOS DO PCPE




No dia 2 de dezembro de 2017, o Rev. Pinho Borges, visitou os Congressos da Federação de SAF e UPH do Presbitério Centro de Pernambuco, que jurisdiciona as Igrejas de Areias, Barro, Boa Vista, Caçote, Jardim São Paulo, Jardim Uchoa, Lagoa do Araçá, Tejipio (Recife), Jaboatão, Sucupira, Socorro (Jaboatão dos Guararapes) Bela Vista (Moreno).
A abertura dos Congressos aconteceu de forma unificada SAF e UPH na sexta-feira, no dia primeiro de dezembro nas instalações da
IPB de Socorro em Jaboatão dos Guararapes/PE. E continuou por todo o dia 2 de dezembro na IPB de Socorro e Sucupira em Jaboatão dos Guararapes.
O Rev. Pinho Borges, esteve presente nos dois eventos divulgando a dinâmica dos trabalhos da Rede Presbiteriana de Apoio à Pessoa Idosa – Repapi. E distribuiu exemplares do Estatuto do Idoso aos participantes dos Congresso.

Agradecemos aos presidentes das Federações de SAF (Eulir) e UPH (Paulo) pelas oportunidades de divulgar os trabalhos da REPAPI. 

REFLEXÃO - A SÍNDROME DA PERSEGUIÇÃO



Nascido na cultura Cristã, me habituei a ouvir falar das perseguições que o povo cristão enfrentar desde o começo da fé cristã até a segunda vinda de Jesus.
Já li uma história de que um senhor preocupado com a possibilidade de passar fome durante a tribulação e a perseguição armazenou grande quantidade de alimentos enlatados enterrados no quintal de sua casa. Pois quando a perseguição chegasse, e a possibilidade de comprar alimentos não existisse, ele poderia garantir sua sobrevivência durante algum tempo.
A perseguição esperada não veio e os alimentos enterrados se estragaram, ele morreu e a perseguição não veio.
Será que se a perseguição tivesse vindo, teria ele algum benefício desse armazenamento?
Ainda hoje há muitos crentes sofrendo da “Síndrome da Perseguição”. Esta síndrome tem relação com o espiritual, pois ataca as pessoas, fazendo com que elas se concentrem em se preparar mais para a perseguição do que para a segunda vinda de Jesus.
A promessa do Senhor é que durante o tempo de angústia o nosso pão e a nossa água estão garantidos, qualquer preparação material que se faça hoje será infrutífera.
Lembram-se dos israelitas que guardaram maná para o dia seguinte, durante sua peregrinação pelo deserto. O resultado foi que o maná estragou (Êx 16,19-20).
Que lição podemos tirar de tais experiências?
Que o único preparo que deve ser feito hoje para o tempo de angústia, deve estar relacionado com a vida espiritual.
Lembremo-nos da recomendação divina. Qualquer provisão material para o tempo de angústia é inútil: enferruja, é ruída ou roubada.
Para nós segmento do Senhor Jesus, precisamos confiar de forma absoluta em Deus. Ele é o nosso provedor.
Queridos.
Creia que o nosso pão e a nossa água estão garantidos no tempo da perseguição.
Creia que não pereceremos de fome, pois Deus já preparou uma mesa perante nós na presença dos nossos adversários.
Se for necessário, Deus fará chover maná do céu, ou mandará os corvos nos alimentar como fez com o profeta.
Então creia nessas promessas, divinas e não sofra por antecipação.

Que o Senhor nosso Deus te abençoe.

Ceará – Home Care para idosa

Ceará – Home Care para idosa

AS POSTAGENS MAIS VISITADAS